Tornando visíveis as competências do profissional de TI

Adriano Martins Antonio

Adriano Martins Antonio

em 28 de fevereiro de 2014

Fique ligado

​Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

TI é uma profissão relativamente jovem que está em constante mudança com as novas tecnologias. O profissional de TI não pode se acomodar, pois sua função toma-se cada vez mais exigente: ele deve não somente lidar com novos hardwares e softwares. mas também com mudanças ainda maiores como consequência de Cloud e Big Data, ao mesmo tempo em que deve considerar o risco e aspectos de segurança e ainda trabalhar o mais “verde” possível .

Seu trabalho não é o mesmo do ano passado e mudará ainda mais nos próximos anos.

Mas ao mesmo tempo em que você está aprendendo e evoluindo no seu trabalho e adicionando novas habilidades, a sua função no papel (job description) muitas vezes não muda.

O que dizer sobre essas novas habilidades e competências? Diversos estudos no passado mostram o seguinte: Oferta e demanda das competências de TI estão desbalanceadas.

Competências de profissionais de TI não são transparentes e portanto, não são comparáveis. Existe urna confusão sobre o que é exigido de um profissional de TI. Existe uma confusão sobre valores, experiência e treinamento desse profissional.

Porque TI é uma profissão jovem, ainda não existe um padrão como existe para advogados, contadores e médicos. Ou existe? Há poucos anos, um rainework Europeu está disponível para visualizar as competências de TI.

Esse e-Competence Framework (e-CF) é um framework independente de referência contemplando 36 competências de TI e tornou-se um padrão internacional para framework de competências utilizado em todos os setores da indústria por usuários e provedores de TI, setor público, educacional e parceiros sociais em toda a Europa.

O objetivo é oferecer ao mercado um conjunto de e-Competences completo e genérico, que pode ser usado em diferentes ambientes de negócios de TI.
Segundo União Européia. CEN – Comitê de Normalização Europeu — esse framework foi desenvolvido em colaboração com muitas instituições Européias: empresas, educadores. indústrias, governos. institutos de pesquisa e institutos de exames. A Van Haren Publishing lançou o livro de bolso sobre e-CF com o prefácio de Bernd Taselaar.

GEO do EXIN. Com o e-CF, estabelece-se uma linguagem comum. Isso torna mais fácil alinhar as competências disponiveis e demandadas.


Não perca tempo: Conheça o Top 10 das Certificações de TI


Curriculos tradicionais ou baseados em demandas empresariais e programas de qualificação podem coexistir com o e-CF. Mas cruzando todos eles com o e-CF as competências são comparáveis e um melhor ajuste será possivel num contexto internacional.

Mapeando certificados dos provedores de treinamento contra o e-CF. Mas o que dizer sobre treinamentos e exames e todas as certificações? Existem inúmeras! Como compara-las? O que você precisa, em qual nível? Como co-relacionar todos estes treinamentos ao e-CF? E exatamente aqui que o projeto eSkills Quality Label se encaixa.

Neste projeto o EXIN e a Empirica investigam as possibilidades de identificar centenas de certificados que o mundo da TI conhece e se é possivel desenvolver um selo de qualidade para treinamentos e certificações cujos resultados podem ser mensuráveis dentro do e-CF. Como parte deste estudo um protótipo do Landscape

Service foi desenvolvido com a informação do e-CF, perfis de TI e certificações eSkills. Uma ferramenta da auto avaliação pode ser encontrada neste website que tem como objetivo familiarizar os usuários em seu desenvolvimento profissional. baseado em um perfil e-CF pessoal d. O eSkills Quality Label ajudará você a “Encontrar seu caminho na selva de eSkills relacionados às funções profissionais, competências e certificações.”

Mensurando competências de TI dos profissionais de TI. Descrever habilidades e certificados fornecerá clareza na selva de TI, mas como você objetivamente mede as competências do profissional de TI? Esse é o próximo passo do trabalho realizado pelo EXIN: e computenue Assessfl1er.

Através da avaliação e de um conjunto de critérios objetivos, determina-se quais competências do e-CF um profissional de TI tem e em qual nivel. Um board de revisão foi estabelecido com representantes do governo, educação e organizações corporativas. Os membros trabalham atualmente no desenvolvimento do método de avaliação objetivo.

Os primeiros resultados são esperados para 03-2013. Bernd Taselaar. CE0 do EXIN: ‘Como um instituto de credenciamento e certificação independente. o EXIN suporta o e-CF. O EXIN é a instituição apropriada que pode fazer as competências e-CF mensuráveis. Nos conhecemos o mercado, os profissionais de TI e estamos aptos a desenvolver exames e validar competências.”


Gostou do Artigo? Leia também:

As 10 melhores dicas para você entrar no mercado de TI

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Artigos Relacionados

Manifesto ágil
Artigos
Henrique Mata

O Manifesto Ágil!

O Manifesto Ágil! Lembra que falamos sobre o movimento da agilidade no post anterior? Então,

Leia Mais »

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Você voltou! 😊 Expirado!
00 Days
00 Hrs
00 Mins
00 Secs
Aproveite agora o desconto de 10%! Essa é a sua última chance! Resgatar Agora!

×

Olá Visitante! 😊 Você têm: Expirado!
00 Days
00 Hrs
00 Mins
00 Secs
para aproveitar o desconto de 15% (apenas nos cursos) Resgatar Agora!

@

Não ativo recentemente
X
X
X