0 - R$0,00

Nenhum produto no carrinho.

5 coisas que você deve saber sobre a ITIL

Adriano Martins Antonio

Adriano Martins Antonio

em 23 de dezembro de 2020
Curiosidades Sobre a ITIL 4

Fique ligado

​Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

5 coisas que você deve saber sobre a ITIL e que são importantes para os profissionais de TI

Há poucos anos, um grupo seleto de pessoas tinha acesso a ITIL. Com a globalização digital, hoje é difícil encontrar uma revista, canal ou comunidade de TI que não aborde esse tema.

Embora o conceito tenha sido amplamente difundido nos últimos anos, muitos profissionais da área de TI ainda não entendem a sua importância.

Assim sendo, se esse é o seu caso, recomendamos inegavelmente que você leia esse artigo para entender 5 pontos fundamentais que você deve saber sobre a ITIL.

Vamos lá?

1- O significado de ITIL, em português, é Biblioteca de Infraestrutura de Tecnologia da Informação

No mundo da programação, biblioteca significa um conjunto de codes de programação. Todavia, quando o assunto é ITIL, biblioteca tem seu sentido literal, que todos nós conhecemos: a coleção de livros.

A biblioteca ITIL é composta por muitos livros que eventualmente contêm as melhores práticas para gerenciamento de processos de TI.

Ao lado do computador em execução com ITIL 4, uma pasta de documentos, um alvo e uma lupa
ITIL, sigla para Information Technology Infrastructure Library, é um conjunto de boas práticas que auxilia no gerenciamento de serviços de TI. Foto: Freepik

Sua adoção pelas empresas significa:

  • Otimização de processos de TI;
  • Redução de custos e economia para empresas;
  • Alinhamento com toda a equipe.

👉 PMG Academy INDICA:

2- ITIL e gestão de projetos são duas coisas diferentes

É importante entender que ITIL não é algo voltado à produção. Geralmente, quando pensamos em práticas voltadas a projetos, associamos rapidamente à fabricação de produtos – ou algo nesse sentido.

Contudo, a ITIL tem foco em fornecimento de serviços para TI para as empresas. O objetivo é organizar os processos de gerenciamento para as empresas.

Portanto, quando falarmos em ITIL, não pense tanto no operacional!

3- PMP x ITIL

Tanto ITIL quanto PMP são especializações muito valorizadas pelo mercado, mas existem diferenças entre as duas.

Antes de pensar em qual caminho seguir, é importante levar algumas coisas em consideração:

  • Você já traçou seus objetivos de carreira profissional?
  • Você já sabe em qual área quer atuar?
  • Quão importante o aspecto financeiro é para você?

Como nós já dissemos antes, a ITIL tem alto reconhecimento por organizações cujo foco é prestar serviços levando em consideração a base da infraestrutura de TI.

Por isso, de nada vale ter uma certificação de ITIL para um produtor de software. Ele não teria utilidade nesse caso.

Já a certificação PMP seria mais interessante nesse sentido. Embora as certificações de PMP e ITIL sejam muito valorizadas, cada uma delas atende segmentos diferentes.

Por isso, se o seu foco é gerenciar desenvolvimento de projetos, PMP é a solução. Já se você quer otimizar o gerenciamento de serviços de TI, ITIL é a melhor opção para você!

4- ITIL e COBIT não são a mesma coisa, mas ao mesmo tempo não competem

Outra confusão feita por alguns profissionais de TI refere-se às diferenças entre ITIL e COBIT.

ITIL é um conjunto de recomendações e boas práticas que podem ser implementadas no setor de TI focando a otimização de processos e organização.

Já o COBIT é um framework. Ou seja, um conjunto de códigos de programação capaz de criar funcionalidades genéricas.

Mão de uma pessoa escrevendo sobre gestão de projetos da ITIL 4
COBIT, sigla para Control Objectives for Information and related Technology, é uma prática capaz de fornecer governança de TI. Foto: Freepik

Ou seja, COBIT e ITIL são duas coisas diferentes, mas não competem. Pelo contrário, elas são complementares.

Podemos ver dessa maneira: enquanto o COBIT fica responsável por auxiliar a criação de um software que contribui com a organização do setor de TI, a ITIL faz-se composta por práticas recomendadas para essa organização.

Melhor dizendo, elas servem de alicerce para a construção de uma nova concepção de organização para sistemas de TI.

5- ITIL não é moda

ITIL ainda é visto por muita gente, inclusive por profissionais de TI, como uma moda.

Não podemos negar que nos últimos anos ele vem ganhando muito mais destaque para as empresas. Muitas corporações que nunca ouviram falar já sabem o que significa e sua importância. Mas nem por isso trata-se de uma moda.

Essas práticas começaram a surgir na década de 1990, quando o acesso à internet e à tecnologia ainda era muito limitado e, de certa forma, elitizado por uma pequena parte das empresas.

Veja também: As 15 certificações de TI mais valiosas que podem render aumento no seu salário.

Por isso, se partirmos da premissa de que tudo o que é moda é passageiro, ITIL definitivamente não se enquadra nesse termo.

Afinal, ao longo das últimas décadas, os resultados apresentados por empresas que adotaram essas práticas foram extremamente sólidos e eficientes para a gestão de TI.

Você quer saber mais sobre os benefícios de ITIL para a sua empresa?

Venha conversar com a PMG!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *