Tudo que você precisa saber sobre Lean

Adriano Martins Antonio

Adriano Martins Antonio

em 17 de março de 2022

Fique ligado

​Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você sabe como funciona o Lean Management? O Lean é uma prática que visa criar mais valor aos consumidores com menos recursos. E as práticas enxutas dessa abordagem abrangem todas as áreas do VeriSM.

O Lean é um novo modo de operar e pensar. Então, as organizações que adotam essa prática devem transformar a forma como lideram, operam e trabalham. Assim, ao colocar esforços nessa prática, as organizações precisam considerar três questões:

1– Objetivo: Resolver os problemas de consumo farão a organização alcançar seus objetivos?

2– Processo: De que maneira a organização vai revisar os fluxos de valor e processo para eliminar os desperdícios e o que não é importante?

3– Pessoas: Como a organização vai garantir responsabilidade, propriedade e melhoria contínua em cada fluxo e processo crítico?

Conceitos-chave do Lean

O pensamento Lean tem suas raízes em uma metodologia bastante conhecida: o just-in-time, desenvolvido pela montadora japonesa Toyota. 

Por isso, é importante que você saiba que no Lean, o gerenciamento é enxuto, buscando minimizar os desperdícios e os defeitos ocasionados pela falha em algum processo da produção.

Primeiramente, é interessante dizer que existem cinco princípios do Lean:

  • Identifique o valor do serviço ou produto para o consumidor;
  • Mapeie o fluxo de valor;
  • Crie um fluxo que mantenha o serviço ou produto fluindo para o consumidor;
  • Estabeleça o “pull”, ou seja, estabeleça uma produção puxada;
  • Melhore de forma contínua, aperfeiçoando o processo.

Além disso, há certos termos importantes que você precisa entender para saber como o Lean funciona.

Fluxo

Um fluxo descreve como os produtos e serviços são produzidos.

Ou seja, um bom fluxo será aquele onde o trabalho é previsível e constante, evitando atrasos e desperdícios.

Pull

O Pull indica uma produção puxada. Isso quer dizer que os processos operam como um fluxo de “peça única”.

Assim, a próxima etapa de um processo começa assim que a anterior termina.

Desperdício

Inclusive, vale mencionar o desperdício, que envolve as atividades que não trazem valor ao cliente ou produzem defeitos.

Você poderá lidar com desperdícios necessários, como documentações, e como defeitos desnecessários. Aliás, é válido ainda mencionar os desperdícios em cascata, quando um desperdício acarreta em outro.

Takt Time

Takt Time é a taxa de demanda do cliente para os produtos de um processo.

O ideal é que cada processo tenha o mesmo Takt Time.

Tempo de Ciclo

É o tempo total necessário desde a solicitação inicial de um produto ou serviço, até sua entrega.

Mapeamento e análise de fluxo de valor

De acordo com esse conceito, o mapeamento analisa e compreende como o valor flui em um processo, que possui oito etapas:

  • Definir o escopo do processo a ser mapeado;
  • Definir o valor do ponto de vista do cliente;
  • Coletar dados e observar o trabalho onde o valor é criado;
  • Mapear o estado atual do fluxo de valor;
  • Identificar os desperdícios no fluxo atual, reduzindo ou eliminando esses processos;
  • Analisar dados para tendências, relações e causas;
  • Mapear o processo em seu estado futuro;
  • Desenvolver um plano para passar a esse estado. 

Quando o Lean é mais eficaz?

Enfim, por meio dos conceitos-chave do Lean, é possível entender como ele otimiza os processos de produção. Dessa forma, as situações onde ele é mais eficaz são:

  • Onde a organização quer reduzir os custos operacionais e aumentar a satisfação dos clientes;
  • Quando a organização quer melhorar de forma contínua os serviços ou a produção;
  • Quando a organização quer cumprir as metas e exceder expectativas do consumidor;
  • E quando a organização quer parar de lidar com serviços e produtos problemáticos.

Aliás, é bom indicar que o Lean não é indicado em alguns casos:

  • Quando os custos iniciais para uma transformação Lean excedem os possíveis ganhos de receita;
  • Aplicação do Lean em situações de não serviço ou produto, como a redução de um quadro de funcionários;
  • Aplicação do Lean em processos de inovação;
  • Tentar aplicar o Lean para ajustar grandes problemas em um pequeno espaço de tempo,
  • Ou quando a demanda do serviço é imprevisível.

Portanto, lembre-se de verificar se o seu serviço é adequado para a aplicação dessa prática.

Saiba aqui as diferenças entre Governança, Gestão e Gerenciamento.

Benefícios e desafios do Lean

Desde já, é bom citar que além de reduzir os desperdícios ao otimizar os processos, o Lean oferece outros benefícios valiosos.

Nesse caso, são eles:

  • Redução de trabalho direcionado para atrasos, retrabalho e defeitos;
  • Custos operacionais mais baixos;
  • Serviços e produtos de qualidade, que deixam os consumidores mais felizes;
  • Maximização do valor do trabalho, concentrando-se apenas nas atividades de valor;
  • Desempenho previsível de entrega.

No entanto, para que esses benefícios sejam obtidos, certos desafios precisam ser superados:

  • Obter o envolvimento da alta gestão;
  • Ter em mente de que o Lean é um pensamento que inclui ferramentas, e não uma ferramenta em si;
  • “Apego” a alguns projetos e recursos;
  • Obter o envolvimento de todos os envolvidos;
  • Partes interessadas contornando princípios para cumprir metas de curto prazo apenas por uma boa aparência;
  • Culpabilização dos indivíduos em vez de focar nos erros do processo;
  • Desenvolver consistência na comunicação com foco no Lean;
  • Tornar-se Lean, e não apenas fazê-lo;
  • Ter em mente que eficiência não significa reduzir o número de funcionários;
  • Superar desculpas de tempo ou equipe;
  • Obter fundos para aplicar o Lean;
  • Superar o pensamento de que ele não é adequado para pequenas empresas.

Uma solução como o Lean pode transformar sua organização. Portanto, pense nesses fatores ao aplicá-lo.

Por fim, já tinha ouvido falar na metodologia Lean? Se tiver alguma dúvida, deixe nos comentários! Além disso, leia os outros artigos do blog.

Para se qualificar em Gerenciamento de Projetos de TI, Lean  e demais formações relacionadas, assine o plano Prime da PMG  e tenha acesso  a mais de 700 horas de aulas nas trilhas de formação já desenhadas para que possa montar seu plano de estudo e se capacitar de acordo com o seu ritmo, interesse e necessidade!

E toda semana são adicionadas novas aulas, com simulados, exercícios, e-books e tudo que você precisa para garantir a sua qualificação e educação continuada!

Acesse agora a PMG e comece a estudar!

Facebook
Twitter
LinkedIn

Artigos Relacionados

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Termina em: Expired!
00 Days
00 Hrs
00 Mins
00 Secs
O Black Friday chegou! 🔥🔥 Quero Aproveitar