Estendemos o Black Friday! 🔥🔥🔥

Agora, termina em:

Dia
Horas
Minutos
Segundos

Frameworks na Gestão de TI: Como Eles Mudam o Jogo!

Picture of Adriano Martins Antonio

Adriano Martins Antonio

em 22 de maio de 2024

Fique ligado

​Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

E aí, galera da tecnologia! Já se encontrou em um turbilhão de jargões de TI como ITIL, CobiT ou Scrum e se perguntou como eles se encaixam no quadro geral? Vamos desvendar essa teia chamada “frameworks” na gestão de TI. Spoiler: não se trata apenas de nomes chiques.

Leia também: O Guia Definitivo da ITIL 4

Primeiras Coisas Primeiro: O Que é um Framework?

Pense em um framework como um ‘livro de receitas’ para TI. Está recheado de insights valiosos que oferecem experiências práticas e oportunidades de aprendizado para as empresas. Quer elaborar a estratégia de TI perfeita? Pegue um desses livros de receitas!

Agora, O Bom da História: Alguns Frameworks Favoritos

  • 📌 ITIL – Sua referência para Gestão de Serviços.
  • 📌 CobiT – Tudo sobre controle de riscos e garantia de conformidade.
  • 📌 CMMI – A poção mágica para desenvolvimento de software.
  • 📌 Scrum – Lidando com projetos e problemas complexos? Esse é para você.
  • 📌 VeriSM – Outra joia para Gestão de Serviços.

Mas Espere, Nem Tudo São Flores! 

Embora os frameworks ofereçam muito, sobrepor eles pode ser um desastre. Imagine adicionar muito sal E açúcar a um prato – credo!

Às vezes, os profissionais de TI ficam tão presos a um framework específico que perdem de vista o objetivo real do negócio. Um caso clássico de não ver a floresta por causa das árvores. E nem me fale sobre fanatismo! Alguns frameworks foram feitos para domínios específicos de gestão. Mas, se aplicados erroneamente, podem descarrilar o foco de um negócio.

Misturar e Combinar? Pise com Cuidado! 

Frameworks têm seu nicho. Quando não se encaixam perfeitamente, você obtém sobreposições. É aqui que os especialistas precisam encontrar um equilíbrio e evitar serem muito rígidos. Lembre-se, flexibilidade e adaptabilidade são a chave!

Resumindo?

Frameworks são essenciais no mundo da gestão de TI. No entanto, entender quando e como usá-los é crucial. Afinal, não se trata de ter as mais ferramentas, mas de saber como usá-las eficazmente!

Facebook
Twitter
LinkedIn

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *