Governança não é só para empresas grandes

Adriano Martins Antonio

Adriano Martins Antonio

em 26 de julho de 2022

Fique ligado

​Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Quando falamos de governança, muitos acreditam que esse conceito só se aplica a grandes empresas, com grandes e complicados processos, muitas coisas para se lembrar, medir, registrar.

Governança é controle sobre os aspectos que mais importam na sua empresa. É o mapeamento, registro e medição dos seus procedimentos, indicadores, processos e tudo o que a sua organização faz no dia a dia. Governança é direcionamento.

E quando falamos de governança de TI, não podemos esquecer que TI significa tecnologia da informação, ou seja, não podemos perder de vista o elemento mais básico de qualquer empresa no mundo atual: a informação.

Ainda assim, há quem acredite que uma empresa pequena ou média não precisa “perder tempo” com isso, mas este é um erro que pode te custar muito.

Quem precisa de governança?

Imagine um vendedor ambulante em uma praia. Do início do seu dia de trabalho até o fim, ele precisa lidar com informações referentes à sua atividade comercial. Para isso, ele pode usar de tecnologia: um celular para anotar suas vendas, calcular o preço, ligar para o fornecedor, comprar matéria prima, talvez uma maquininha de cartão para fazer o pagamento, entre outras.

Além disso, ele precisa saber se, por exemplo, será necessário comprar mais farinha para fritar um camarão, ou quem sabe mais gelo para resfriar os produtos, precisa controlar seus ganhos, seus gastos, entre outras atividades. Ou seja, ele precisa controlar a informação sobre seu negócio.

E mesmo que essa informação não esteja em uma planilha ou em um sistema, mesmo que ele consiga reter tudo isso em sua cabeça, ele ainda assim precisa gerenciar todos esses dados, como o controle de demanda e a gestão financeira.

Se isso tudo for informatizado é muito mais fácil, mas mesmo que não seja, ainda estamos falando, é claro, de governança. Independente da forma como esse controle e gestão são feitos, a informação é essencial.

Governança para todos

Ainda que você acredite que não aplica governança em sua empresa, a governança existe: ela só é feita de forma invisível por você e seus colaboradores. Se você controla o que faz em seu negócio, isso já é governança. Se você usa informação para tomar decisões, você aplica um dos princípios da governança. Se busca estar em conformidade com as leis e regulamentações, também pratica um princípio de governança – o compliance, ou conformidade.

Mas a governança vai muito além disso: gerenciar riscos na hora de mudar um processo, compreender os objetivos antes de dar um passo importante, entre muitas outras atividades do dia a dia, são parte das práticas e princípios de governança.

Portanto, mesmo que você não siga conscientemente as práticas, a governança faz parte de seu negócio. Diante disso, para que você aplique uma governança mais aprimorada, resta apenas organizar e desenhar os processos e analisar os indicadores e formalizar as atividades, com os princípios e práticas em mente.

Da mesma forma que um capitão não navega seu barco sem uma bússola e um leme, você não vai tocar as atividades de seu negócio à deriva, não é mesmo? Tome o controle do seu negócio de forma inteligente.

E se você deseja investir na sua capacitação e de seus colaboradores, confira as trilhas de formações e educação continuada da PMG Academy!

Não esqueça de ler os outros textos do blog e deixe um comentário se tiver dúvidas sobre Governança.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Artigos Relacionados

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *