Você está preparado para um incêndio?

Adriano Martins Antonio

Adriano Martins Antonio

em 18 de fevereiro de 2016

Fique ligado

​Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Pare agora e imagine você recebendo a informação de que o prédio onde fica instalado o Data Center da sua empresa, com todos os servidores, storage e banco de dados, está prestes a ser destruído por um incêndio? O que você, gestor de TI ou proprietário da empresa teria a dizer para prestar contas sobre o principal e maior patrimônio que você detém, que são os dados e as informações contidas nesses equipamentos?

Pois é, no dia 21 de dezembro do ano passado, todos nós testemunhamos um incêndio de proporções desastrosas que destruiu completamente o Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo. Nesse caso real, não foi difícil para o gestor de TI e nem para alta direção prestar contas sobre seus maiores bens, mas isso eu conto mais tarde.

Quando estudamos a ITIL, nos deparamos com dois processos dentro do Desenho do Serviço, que nos ajudam a entender e acreditar que, quando bem aplicados, podemos gerar ótimos resultados. Estou falando do Gerenciamento da Disponibilidade, que tem como foco garantir que o nível de disponibilidade entregue em todos os serviços de TI atenda, de maneira eficaz, às necessidades de disponibilidade acordadas do negócio; e do Gerenciamento da Continuidade de Serviços de TI, que tem como foco fazer com o que o negócio continue a operar mesmo após uma interrupção de serviço.

Vejamos os benefícios e valores conquistados pelo negócio quando suportado devidamente pela TI:

• Garantia e conformidade regulatória e legislativa;

• Garantia de níveis apropriados de proteção sobre todos os ativos de TI e de
informação;

• Alinhamento da provisão de serviço de TI com as metas e objetivos de negócio;

• Priorização de todas as atividades de TI baseadas no impacto e urgência,
garantindo que os processos de negócio e serviços críticos recebam maior atenção;

• Aumento da produtividade e lucratividade do negócio através da eficiência e eficácia aumentada dos processos de TI;

• Suporte aos requisitos para a governança corporativa com a governança e
controles de TI;

• Criar vantagem competitiva através da exploração e inovação de infraestrutura de TI como um todo.

Então, lembra quando falamos que o gestor de TI e a alta direção do Museu da Língua Portuguesa não tiveram problemas para prestar contas sobre seus maiores bens? Vejamos o motivo nas palavras do repórter José Roberto Burnier “Graças a uma porta corta-fogo na sala de tecnologia do museu, todo o acervo digital foi salvo. Os computadores estão lá e todo acervo do museu permanece intacto. É por isso que todas as autoridades, o diretor do museu, o curador, disseram que, uma vez recuperado o prédio, recuperar as instalações não vai ser difícil não.”

Espero que tenham gostado dos temas abordados. Para quem não teve a oportunidade ou deseja rever a reportagem sobre o incêndio do Museu da Língua Portuguesa acesse este link (cerca de 2:20 o repórter anuncia sobre a Proteção do Data Center).

Até a próxima!


Gostou do artigo? Quer conhecer um pouco mais da ITIL? Clique e veja o Curso Oficial da ITIL v3 Foundation online.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Artigos Relacionados

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

@

Não ativo recentemente