O Que é Agilidade nos Negócios (Business Agility)?

Laércio Azalim Júnior

Laércio Azalim Júnior

em 26 de agosto de 2020
Business Agility

Fique ligado

​Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O Que é Agilidade nos Negócios (Business Agility)?

O entendimento sobre ter agilidade nos negócios (Business Agility) pode ser resumido em duas expressões:
– Possuir o poder de adaptabilidade e;
– Gerar valor para o cliente o mais rápido possível.

Podemos dizer que agilidade nos negócios é a capacidade de uma organização se renovar, se adaptar, mudar rapidamente e obter sucesso num ambiente complexo, de mudanças rápidas, cheio de incertezas e turbulências.

Adaptabilidade na velocidade de entrega

É normal a agilidade ser confundida estritamente com a velocidade de entrega. Na verdade, a agilidade tem muito mais afinidade com o poder de adaptação frente a uma situação. Em quanto tempo conseguiremos mudar nossa forma de trabalhar para que se possa aproveitar uma tendência de mercado? Ser ágil é responder a essa pergunta com o menor valor possível.

As organizações tradicionais são construídas em torno de uma hierarquia estrutural estática, em silos, enquanto as ágeis são caracterizadas como uma rede de equipes que operam em ciclos rápidos de aprendizado e tomada de decisão. As organizações tradicionais colocam seus órgãos de governança no ápice e os direitos de decisão fluem pela hierarquia; por outro lado, as ágeis instigam um propósito comum e usam novos dados para dar direitos de decisão às equipes mais próximas das informações.

“Uma organização ágil pode idealmente combinar velocidade e adaptabilidade com estabilidade e eficiência.” – Grando, 2019

👉 PMG Academy INDICA:

Geração de valor com agilidade

Muito se diz sobre gerar valor mais rápido para o cliente, isso já virou uma espécie de bordão da agilidade, mas o que seria exatamente isso?

Apesar de se encontrar inúmeras respostas diferentes para essa pergunta na internet e na literatura, acredito que o real significado desta expressão esteja relacionado com ganhos de produtividade ou com ter a capacidade de gerar algum tipo de diferencial competitivo em relação ao seus concorrentes, se o cliente não tem um concorrente, considere que a busca pela melhoria contínua faria esse papel.

Atualmente não basta que a solução resolva um problema, ou como normalmente ouvimos, resolva uma “dor” do cliente. Ela precisa estar alinhada com a estratégia da companhia, para que no fim das contas, alguma vantagem no mercado seja alcançada.

mulher_falando_ao_telefone_e_lendo_documento

A agilidade no atendimento mostra ao cliente a verdadeira preocupação com ele no desejo em solucionar problemas

Medir e traçar objetivos proporcionam resultados ágeis nos negócios

Qualquer plano de metas tem o propósito gerar um comportamento nas pessoas. Os OKRs (Objeives Key-Results) podem ser grandes aliados na busca da excelência organizacional, pois se trata da gestão de metas voltadas para critérios de sucesso. Eles ajudam a evitar a corrida por resultados sem sentido, que não conversam mais com a estratégia da companhia, seja por que o contexto já se alterou e aquela medição não faz parte da realidade ou por que o indicador não nasceu como deveria, deixando de lado aspectos sobre a real geração de valor para seus clientes.

Para que a agilidade nos negócios comece a ser alcançada precisamos direcionar bem o que iremos medir, traçar objetivos estratégicos claros e buscar resultados chaves que irão trazer vantagem competitiva de mercado.

Veja também: Riscos Cibernéticos perante o trabalho remoto repentino (Home Office)

O que realmente faço de valor para meu cliente?

Cadeia de valor representa a série de etapas que uma organização usa para implementar soluções que fornecem um fluxo contínuo de valor para um cliente. Mapear esse fluxo é parte fundamental para que possa ser feito a análise que irá deixá-lo suficientemente enxuto, aumentando o poder de adaptabilidade quando um fator interno ou externo exigir que as regras do jogo sejam alteradas. Quanto mais enxuto o processo maior a possibilidade de adaptação a uma nova realidade. Trabalhar baseado em fluxo de valor permite uma intensa e constante geração de resultados para o cliente, afinal os esforços estarão destinados ao que realmente importa para a organização.

Em sua essência ter agilidade nos negócios é ter a possibilidade de alterar de maneira ágil as variáveis pertencentes ao que concerne a adaptabilidade e a geração de valor, a fim de responder às constantes mudanças do mundo contemporâneo.

“Não basta mudar as estratégias, estruturas e sistemas, a não ser que se mude os pensamentos que as produziu.” – Peter Senge

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Artigos Relacionados

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Olá Visitante! 😊 Você têm: Expirado!
00 Days
00 Hrs
00 Mins
00 Secs
para aproveitar o desconto de 15% (apenas nos cursos) Resgatar Agora!

@

Não ativo recentemente