Respondendo à disrupção digital com ITIL 4

Adriano Martins Antonio

Adriano Martins Antonio

em 30 de setembro de 2021

Fique ligado

​Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

A maioria das organizações hoje está enfrentando a realidade da disrupção digital.

No entanto, a capacidade das empresas de responder com eficácia varia muito. Se eles não forem capazes de lidar com as pequenas mudanças organizacionais (seja porque a empresa é disfuncional, tem comunicação ruim ou é lenta para trazer novidades ao mercado), eles realmente terão dificuldades agora.

Se sua organização não reconhecia a interrupção digital antes, certamente reconhecerá agora – que é onde entra a necessidade de conhecimento contido no ITIL® 4 Digital and IT Strategy.

O que é disrupção digital e seu impacto?

A McKinsey & Company publicou um relatório em agosto de 2020 com o título The Next Normal – A recuperação será digital (digitalizando em velocidade e escala). Isso indica muito bem onde as empresas se encontram no momento.

Na seção “Por que as estratégias digitais falham” do relatório, os autores afirmam que “um número surpreendentemente grande [de CEOs] subestima o ímpeto crescente da digitalização, as mudanças comportamentais e a tecnologia que a impulsionam e … a escala de ruptura que os atinge ”.

A tecnologia, é claro, é muito importante aqui. A disrupção digital gira em torno da maturidade de sua tecnologia e dos recursos de que você dispõe para mudar a forma como faz negócios para permanecer competitivo e desenvolver novas maneiras de agregar valor. E isso vai além da tecnologia para a liderança e como as organizações funcionam como um todo.

Existem exemplos bem conhecidos de disrupção em vários setores: Uber, Netflix e Airbnb. No entanto, existem outros, menos conhecidos, que mostram como “disruptar” sua própria organização o ajuda a permanecer relevante e responsivo às ameaças da concorrência.

Por exemplo, a Philips Lighting ganhou um contrato de 10 anos com a autoridade de transporte de Washington DC para fornecer iluminação como serviço em estacionamentos, com base em LEDs com eficiência energética e controles adaptativos, mas sem custo inicial para a cidade. O financiamento e a entrega do serviço, neste caso, seguiram a liderança dos modelos de serviço da indústria de software. Ou seja, o serviço de iluminação é cobrado por assinatura, em vez de um pagamento adiantado e único.

Como enfatiza a Estratégia Digital e de TI da ITIL 4, esse tipo de interrupção garante que o negócio permaneça relevante e competitivo em seu mercado.

Desenvolvendo uma resposta à disrupção digital

Ter qualidades de liderança avançadas – em outras palavras, entender realmente o que está acontecendo interna e externamente à sua organização – é essencial para uma resposta à disrupção digital.

Isso começa com o desenvolvimento de uma visão forte do que sua empresa está tentando fazer, para onde ela está tentando chegar. E, também, garantir que as atividades internas e os gerentes em toda a empresa estejam alinhados a essa visão.

Por sua vez, há uma necessidade de eficiência operacional para manter os custos baixos, permanecer competitivo e, simultaneamente, equilibrar isso com a experiência do cliente.

Além disso, os líderes podem estar muito distantes das pessoas que trabalham em TI e digital; portanto, conectá-los àqueles que estão mais próximos do cliente e da experiência do cliente é importante.

ITIL 4 Digital and IT Strategy – um guia para líderes de negócios

Com que frequência você encontra alguém que trabalha em uma organização que realmente revolucionou o mercado?

Se isso é uma ocorrência rara para você, a orientação fornecida no módulo ITIL 4 Digital and IT Strategy dá aos líderes uma maneira de criar uma visão, estratégia, ferramentas para avaliar a maturidade da organização e quais são os próximos passos para fazer a diferença.

A avaliação e os modelos de posicionamento digital do módulo são especialmente aplicáveis à gestão da inovação, que é a chave para o sucesso.

Ele também abre diferentes melhores práticas que você pode não estar usando ainda em sua organização, oferecendo experiência teórica e prática. Essa compreensão, combinada com ferramentas e aprendizado para aplicar em sua situação, torna mais fácil responder a interrupções e implementar estratégia, visão e inovação.

Este artigo é uma tradução/adaptação de “Responding to digital disruption with ITIL 4“, publicado pela AXELOS, nossa parceira oficial. Para ler o conteúdo em inglês, clique aqui.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Artigos Relacionados

Artigos
Adriano Martins Antonio

O que é Big Data?

A expressão Big Data não é recente – é possível encontrá-la nos dicionários durante a última década e o seu conceito é ainda mais antigo:

Leia Mais »

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *