Deep Web – Riscos e vantagens desse espaço na internet

Adriano Martins Antonio

Adriano Martins Antonio

em 4 de agosto de 2022

Fique ligado

​Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você provavelmente já ouviu falar desse termo e pode até ter uma ideia abrangente, mas a Deep Web vai muito além do que as pessoas denominam. 

Ela pode ser muito útil para pessoas comuns como você, mas também é um poço de desvantagens quando a usam de um modo incorreto.

Por isso, é essencial que você entenda o que a Deep Web realmente significa, o que você encontra nela, quais são suas reais vantagens e os riscos presentes nela.

O que é Deep Web? 

A parte “profunda” da web, a Deep Web, faz referência às próprias partes da internet que não são totalmente acessíveis através de pesquisas padrão que você realiza no dia a dia.

Claro, você deve ter plena noção de que as pesquisas que você faz diariamente (usando o Google, por exemplo, e outros mecanismos de pesquisa padrão) somente verificam as páginas indexadas vinculadas a páginas iniciais de domínio.

Dessa forma, o conteúdo presente varia de páginas que não foram indexadas por mecanismos de busca, sites pagos, bancos de dados privados e Dark Web.

Todo mecanismo de pesquisa usa bots para rastrear a web e adicionar o novo conteúdo encontrado ao índice do mecanismo de pesquisa.

Aliás, não se sabe o tamanho da Deep Web, porém muitos especialistas estimam que os mecanismos de busca rastreiam e indexam menos de 1% de todo o conteúdo que se pode acessar pela internet.

Isso te surpreende e assusta? Basicamente, o conteúdo pesquisável da web é referido como a web de superfície. 

O que você encontra na Deep Web? 

Primeiramente, é interessante saber que grande parte do conteúdo da Deep Web é de natureza legítima e não criminosa.

Assim, o conteúdo inclui mensagens de e-mail, mensagens de bate-papo, conteúdo privado em sites de mídia social, registros eletrônicos de saúde, extratos bancários eletrônicos e outros conteúdos.

Logo, qualquer site com acesso pago, como artigos de notícia ou site de conteúdo educacional que exige uma assinatura, também é bloqueado para bots de mecanismos de pesquisa. 

Além de seu escopo maior, os mecanismos de pesquisa da Deep Web também se mostram mais eficientes, recuperando conteúdo de maior qualidade e mais relevante.

Uma pesquisa padrão na web considera apenas a introdução do site e as palavras-chave que se fornece, resultando em muitos dos links retornados sendo sites comerciais ou material repetitivo.

Por conta disso, as pesquisas analisam todo o conteúdo de cada página, garantindo que os resultados retornados tenham maior relevância para a string de pesquisa que se deseja.

Em resumo, a Deep Web contém material como conteúdo não vinculado, conteúdo com limites de acesso, conteúdo privado e informações de arquivos em bancos de dados pesquisáveis.

A utilização de um mecanismo de pesquisa da Deep Web fornece acesso a esse conteúdo oculto, mas também envolve a entrada em um domínio sem regulamentação, onde os usuários participam de um comportamento questionável. 

Entenda sobre a segurança cibernética na cultura organizacional.

Vantagens, desvantagens e riscos

Definitivamente, a Deep Web possui suas vantagens. Para começar, a principal delas é a sua profundidade e a própria profundidade de seus resultados.

Ou seja, como foi dito anteriormente, as pesquisas padrão na internet (em sites como Google, Yahoo e Bing, por exemplo) mal raspam a superfície da web. 

Já os mecanismos de pesquisa da Deep Web emitem consultas diretas para acessar conteúdo oculto, cobrindo assim muito mais terreno e recuperando resultados de um pool de dados muito mais amplo.

Quanto mais conteúdo pesquisado, maior a probabilidade de você encontrar o que pesquisa.

Em termos de desvantagens, podemos citar que os mecanismos de pesquisa da Deep Web tendem a ser mais lentos do que os mecanismos de pesquisa padrão, além de ela própria requerer uma string de pesquisa mais precisa.

Outro detalhe é a questão de que a Deep Web geralmente é reservada mais para pesquisas sérias e meticulosas, não para perguntas simples e navegação básica na web.

Além disso, as pesquisas podem retornar informações pessoais confidenciais de bancos de dados normalmente restritos, criando dilemas éticos e deixando as pessoas suscetíveis a fraudes e roubos de identidades.

Por fim, pense duas vezes antes de clicar em qualquer link de pesquisa retornado, ok? 

Deep Web x Dark Web

A Dark Web é um segmento maior da Deep Web, também fazendo referência a qualquer coisa na internet que não seja indexada, e, portanto, acessível por meio de um mecanismo de pesquisa como o Google.

No entanto, enquanto a Deep Web está cheia de conteúdo legal e legítimo (como publicações pagas, banco de dados, revistas acadêmicas e pesquisas), a Dark Web é “vergonhosa” – para usar uma palavra bonita.

Isso porque na Dark Web é onde encontramos muitas atividades ilegais, incluindo mercado negro de cartões de crédito roubados e informações pessoais, malware, armas de fogo, tráfico sexual, drogas e prostituição.

Juntamente, é lá que existem os serviços de ataque cibernético, assunto já tratado aqui no blog e de extrema importância para as organizações.

Leia os outros textos aqui do blog e sempre fique por dentro do que é relevante para a área de TI.

E se você quiser se qualificar, atualizar seu conhecimento e dar aquele upgrade nos seus negócios e/ou na sua carreira, experimente o plano de assinatura da PMG.

São mais de 700 horas de aulas nas trilhas de formação já desenhadas para que possa montar seu plano de estudo e se capacitar de acordo com o seu ritmo, interesse e necessidade!

E toda semana são adicionadas novas aulas, com simulados, exercícios, e-books e tudo que você precisa para garantir a sua qualificação e educação continuada!

Acesse agora a PMG e comece a estudar!

Facebook
Twitter
LinkedIn

Artigos Relacionados

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *