4 Itens Básicos Que Garantem a Segurança do Seu PC

Adriano Martins Antonio

Adriano Martins Antonio

em 2 de setembro de 2018

Fique ligado

​Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Como Fazer a Segurança do Seu PC

Neste artigo eu iria te mostrar 4 itens básicos, mas importantes, que garantem a proteção do seu computador contra hackers, vírus etc.

Muitas vezes pecamos por esquecer de coisas tão simples como estas.

Confira!

#1. Segurança do sistema operacional

O sistema operacional é um software muito importante para o seu computador, ele é responsável por tarefas básicas como: reconhecer quando conectamos um teclado, monitorar arquivos e diretórios no disco rígido, controlar a conexão de periféricos (impressoras, scanners etc… ) e organizar os programas de modo que eles não se misturem e nem  se sobreponham.

Ele também é responsável pela segurança do sistema, não permitindo que usuários não autorizados o acessem.

Necessidade de proteger o sistema operacional

A proteção do sistema operacional tem uma grande importância na segurança das redes como um todo. As atualizações de cada computador são mandatórias para um trabalho efetivo, eficiente e seguro do sistema na rede. Hoje temos sofisticados sistemas operacionais com várias propriedades de segurança, mas que podem ficar vulneráveis se não forem administrados, configurados e monitorados adequadamente.

Algumas vezes, atualizar o sistema operacional pode levar a problemas de interoperabilidade com outros sistemas. Portanto, cuidados devem ser tomados quando fazemos esta atualização.

Protegendo o sistema operacional

1. Atualize o SO: é importante instalar regularmente as últimas atualizações disponíveis para evitar a entrada de Malware em seu computador. Isso pode ser feito habilitando as “atualizações automáticas” ou fazendo o download manual através de sites, como por exemplo, o da Microsoft no caso do Windows.

2. Instale um antivírus e o mantenha atualizado: vírus, worms e outros malwares são alguns dos problemas mais prolíficos na Internet hoje, mas o usuário pode contar com bons antivírus, que fornecem vários serviços além da simples detecção de ameaças. No entanto, qualquer um só cumprirá seu papel com eficácia, se for mantido atualizado e se as varreduras do sistema forem feitas regularmente.

3. Habilite o Firewall do computador: assim como os antivírus, os firewalls são projetados para proteger o seu sistema de ameaças da Internet, como hackers, vírus e worms, filtrando todas as comunicações suspeitas enviadas para o seu computador, portanto ele deve estar em pleno funcionamento.

4. Use senhas fortes: senhas controlam o acesso a arquivos, programas, computadores, discos rígidos e redes, e evitam que usuários não autorizados vejam seus arquivos. Senhas mal escolhidas facilitam a entrada de invasores, portanto, configure bem suas senhas e as mantenha secretas, jamais compartilhe com outros!

#2. Segurança física do PC

A primeira etapa na segurança é considerar a proteção física do computador, isso inclui fatores como alimentação elétrica, posicionamento no ambiente,  temperatura e etc. A falha de qualquer um dos fatores referidos anteriormente levará o computador a riscos.

Há uma boa possibilidade que o seu computador seja um dos itens mais caros da sua casa ou se você tiver um notebook, provavelmente ele é o objeto mais valioso que carrega em sua mochila. Embora sua apólice de seguro possa cobrir os custos de substituição caso eles sejam roubados, não há nada que o dinheiro possa fazer para recuperar dados preciosos ou pessoais. Assim sendo, a segurança física é tão importante quanto a segurança do software.

#3. Cadeados de computador

Hoje em dia está disponível para os PCs um recurso de bloqueio, que é um soquete na frente do gabinete para destravar e travar, isso nos ajuda a evitar que usuários não autorizados obtenham acesso ao hardware do PC e também impede que eles inicializem o sistema com seu próprio hardware.

#4. Segurança da BIOS

BIOS (Basic Input Output System) são softwares que descrevem o que um computador pode fazer sem acessar os programas no disco, eles contêm um código que controla o teclado, o monitor, as comunicações seriais, paralelas e algumas outras funções. O BIOS vem dentro de um chip ROM no computador o que garante que ele não será afetado no caso de falhas do disco. Definir a senha do BIOS evita que usuários não autorizados reinicializem e manipulem o sistema. Isso fornece um baixo nível de segurança, pois alguém pode desconectar as baterias e acessar o BIOS com as senhas padrão do fabricante. No entanto, leva algum tempo para que usuários não autorizados abram a carcaça e acessem o BIOS e isso também deixa alguns vestígios de adulteração.

E você? Lembra-se de algo básico que pode acrescentar à esta lista?

Deixe seus comentários!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Artigos Relacionados

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Você voltou! 😊 Expirado!
00 Days
00 Hrs
00 Mins
00 Secs
Aproveite agora o desconto de 10%! Essa é a sua última chance! Resgatar Agora!

×

Olá Visitante! 😊 Você têm: Expirado!
00 Days
00 Hrs
00 Mins
00 Secs
para aproveitar o desconto de 15% (apenas nos cursos) Resgatar Agora!

@

Não ativo recentemente
X
X
X